terça-feira, 8 de outubro de 2013

*Resenha O Duque e Eu


O Duque e Eu

Julia Quinn


Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo. 
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

 



Esse é o primeiro livro da série Os Bridgertons - no total são oito, já que são oito irmãos - a primeira obra conta a história de Daphne, a irmã mais velha dos Bridgertons, junto com Simon melhor amigo de seu irmão Anthony.
O romance vai contar com uma participante muito especial, Lady Whistledown, uma mulher misteriosa que é dona de um jornal de fofocas envolvendo a sociedade inglesa. O curioso é que ninguém sabem de quem se trata, e acredito que até o final da série, ninguém vá descobrir. Eu já pensei em varias pessoas que poderiam ser, esta jornalista sensacionalista, mas vou ter que esperar.

Os Bridgertons são uma família totalmente distinta de toda a sociedade. Além de serem muitos, vivem em uma grande harmonia e em um lar cheio de amor. O pai dos oito irmãos já faleceu, mas sua mãe - Violet - continua vivinha, e em busca de maridos e esposas para seus filhos. A primeira vítima é Daphne, que a dois anos se apresentou para a sociedade, o problema é que ela é tão divertida e amável que todos os homens, à vem apenas como amiga.
Enquanto isso Simon, o duque de Hastings, cresceu em um lar sem amor, e não deseja forma uma família. Até que seus caminhos se cruzam e um pode ajudar o outro no que desejam.

"Simon sentiu uma estranha admiração por aquela garota."

Eu terminei o livro em três dias, a história nos leva a não querer largar mais ele. A leitura é bem gostosa e a família Bridgertons nos intriga. Eles são divertidos, amáveis e unidos. Achei muito interessante o convívio deles. Além de nos prendermos no romance que está em percurso, também ficamos curiosos com o que irá acontecer com os demais personagens.

A história é cômica e muito inteligente, a escritora conseguiu guiar bem os personagens. A história também não perde o pique em nenhum momento.
"Daphne? Ele disse Daphne?
Ela recuou, desconcertada pela pergunta direta e a expressão intensa no olhar estranho.
- Disse - respondeu.
- Seu nome é Daphne?
Agora ela estava começando a imaginar se ele era um idiota.
- É.
Simon soltou um gemido. 
- Daphne Bridgerton?
Ela ficou com a expressão séria, intrigada.
- Exatamente."

 Bem, eu sou apaixonada por romances de época, e esse me chamou atenção logo na capa. Mas quando fui ler as criticas outra coisa me deixou intrigada. Atrás do livro o escritor Jill Barnett resumia Julia Quinn como "Jane Austen contemporânea". Obvio que tive que ler, pelo motivo que não se nomina qualquer pessoa como uma nova Jane Austen. A questão é que não é bem assim. Ela é uma excelente escritora e me parece ser bem criativa - para escrever oito romances da mesma família -. Contudo acredito ser um pouco exagerado este comentário, talvez por eu achar que nada, nem ninguém se igualará a Jane. Mas entendi o que o escritor quis dizer. Que talvez Julia Quinn seja a melhor escritora de romances de época do momento, e talvez, até seja.

Achei um desenho dos irmãos  Bridgerton, e a expressão do Colin e do Anthony é muito igual a descrição do livro:

(
(aperta a imagem para amplia-la)
Os direitos da série no Brasil, são da editora Arqueiro, que já tem o nome dos três primeiros livros da série. Eu me apaixonei pela capa, achei ela linda!!! Outra coisa legal e´que no inicio do livro, você vê uma árvore genealógica  da família, onde indica a história de qual filho é em cada livro.

O próximo livro da série é O Visconde que me Amava, que já foi lançado:





11 comentários:

Isabelle Brum disse...

Olá, boa noite ^^
Amei sua resenha. Estou mega ansiosa para ler esse livro *-* A história parece ser bem interessante.
Beijinhos e boas leituras.
Isabelle - http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/

Rafaela Oliveira disse...

Obrigada, é muito bom vale a pena =)

Tamires Cipriano disse...

Olá.
Nossa,somente a capa encanta qualquer um.Também li bastante resenhas de O visconde que me amava e acho que vai gostar dele.
Não sei...depois desta resenha eu preciso ler ;)

Beijos

Tamires C.
http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

Ana Zuky disse...

Olá Rafaela!Obrigada pela sua visitinha ao meu blog.E para retribuir estou aqui!Hahahaha
Eu simplesmente amei este livro,sou apaixonada por romances de época e este livro é um que me tirou varias vezes os folego.
O único detalhe que não me agradou muito foi o final dele,a autora tentou se estender muito,mas tudo bem.O que importa é o quanto eu gostei desta obra e de como me apaixonei pelo Duque,mesmo ele sendo - as vezes - um grosso.Hahahahaha

Ótima resenha!

PS:Adorei aquela imagens da família logo abaixo da resenha!

Beijokas Ana Zuky

Blog Sangue com Amor

Rafaela Oliveira disse...

KKKK leia é muito bom, já terminei O Visconde que Me Amava, e me apaixonei. Logo sai a resenha =)

Rafaela Oliveira disse...

Que bom que gostou do livro também Ana =) Ele é ótimo mesmo. Eu adorei a imagem kkkk achei legal de por =D

Rafa Melody disse...

Menina sabia que nós temos o mesmo nome e sobrenome? rsrsrs Isso é estranho rsrsrs
Mas quanto ao livro, estou bem interessada, são tantas resenhas como a sua que super indicam, que fico louca apesar de esse não ser o meu gênero literário do momento.
Beijos

Rafa Melody
Twitter
Facebook

Rafaela Oliveira disse...

Sério? Na realidade não é muito dificil de achar né kkkkkk
Vale a pena, o livro é muito bom!!

Aline Coelho disse...

Adorei sua resenha e estou curiosa para ler essa série, mas antes preciso priorizar outros livros. Mas valeu pela dica. Também adoro romances de época.

Leituras, vida e paixões!!!

Rafaela Oliveira disse...

São ótimo né? Eu adoro, vale a pena mesmo!!

Aline Coelho disse...

Te espero lá no blog, sempre é bom saber o que as pessoas acham do nosso blog.

Postar um comentário

Comente, de sugestões, critique (moderadamente).

Obrigada pela visita. Venha sempre