terça-feira, 3 de setembro de 2013

*Resenha Despertar

 

Despertar

 Helena Andrade

“Mergulhei, senti a sensação em todo meu corpo. Emergi, olhei na direção onde o deixei. Ele continuava no mesmo lugar, me olhando. Estendi minhas mãos e o convidei a vir comigo.” Lívia não podia imaginar as mudanças que aconteceriam em sua vida. Mudanças que a despertariam para uma nova perspectiva profissional, para uma nova visão de mundo... e para um grande amor. Acompanhe esta trajetória emocionante em Despertar!
Inesquecível


 A protagonista, Lívia, é uma médica que vai até Amazonas trabalhar como Pediatra. O sonho dela é fazer uma especialização fora do país e virar cirurgião. Isso me fez lembrar na hora de Hart of Dixie. Uma série que conta a história de uma recém formada que quer ser cirurgião e para isso deve ser clinica geral por um tempo em uma cidadezinha. Outra coisa em comum é como o amor vai trabalhar nessas histórias, mas ai elas começam a se distanciar.
Logo no inicio do livro aparece um possível homem para nossa protagonista. Rodrigo é outro médico da cidade, que tem vários interesses em comum com Lívia. E ele não me agradou nem um pouco, sem contar o "casal" que ele fazia com ela não me agradou nem um pouco, daí pensei: "nossa a história vai ser um saco, se eu já nem gostei do casal". Contudo, Helena nos surpreende com uma reviravolta na história. O que à deixou mais empolgante. Porque? Pelo simples fato de que nosso novo personagem é diferente, mais chamativo para nós leitores. E diferente de Rodrigo, ele não tem nada de comum com a médica.
Eu gostei muito do quanto envolvente era o romance dos dois. Por mais que tenha sido repentino, como um amor a primeira vista. No desenrolar da historia o drama dá suas caras, e a  trama começa a ficar mais viciante. Faz com que você não queira largar o livro.

"De onde você tira tanta disposição? - perguntei, sonolenta.
-De você!
- Ah, então é isso. Estou doando a você.
Ele caiu na gargalhada."

A narrativa de Helena é bem descritiva, quando digo BEM é por que é MUITO descritiva. E pela primeira vez não me senti cansada a ler um livro com grandes descrições, talvez porque ela conseguiu criar uma grande história. A leitura é tranquila, sem muitas dificuldades. A escrita dela é suave e transmite sensibilidade, e gostosa de ser lida. Só uma coisa que não me agradou, não sei se sou eu com minha memoria, ou foi a longa narrativa, mas tive sérios problemas em lembrar o nome da protagonista, por ser bem pouco citado.

Em geral o livro me agradou muito. Os personagens são bem desenvolvidos. A narrativa é ótima e a história envolvente. Além de o livro se grosso <3 o que eu adoro. E no final você fica com um gostinho de quero mais.
Para você associar o nome do livro com a história é uma total filosofia, mas nem um pouco difícil e fica claro ao decorrer da obra o porque desse nome.

É triste ver que escritores com um grande potencial geralmente são deixados de lado, pelo o que eu chamo de "livros comerciais". A editora Novo Século vem fazendo um ótimo trabalho, ao resgatar esse excelentes autores. 
Em relação a capa, não poderia ser mais bonita. E o designer do título ficou maravilhoso.

9 comentários:

Solange Ralo disse...

Olá, venho acompanhando os lançamentos nacionais da editora Novo Século, venho gostado muito dos lançamentos, é uma pena mesmo muitos leitores não conhecerem os autores nacionais que está vindo com tudo. Adorei a resenha,
bjs

Love Books

Dani Duque disse...

Nossa Rafa, vc só coloca aqui boas histórias, bons livros. Taí fiquei com vontade de ler esse também e acho que não vou me arrepemder! Vou´procurar! Bjs e parabéns pelo blog que só traz coisa BOA!!!

Rafaela Oliveira disse...

Que bom que gostou Dani =)

Rafaela Oliveira disse...

É bom saber que muitos estão começando a perceber isso =)

Aline Coelho disse...

Rafaela parabéns pela leitura e ótima resenha. Conheci a Helena e ela é uma querida, estou com esse livro aqui em casa e quero ler em breve. Adorei saber sua opinião e agora estou mais curiosa.
Concordo com vc sobre essa questão da falta de oportunidade para os autores nacionais, mas hoje em dia exitem bem mais editoras interessadas nesses talentos, em muitos casos editoras menores. Enfim cabe a nos divulgarmos mais e claro comprar os livros desses autores, muitos só lêem se o autor mandar de graça, isso é o fim, mas deixa pra lá!!!
Bjão e sucesso ao blog.

Leituras, vida e paixões!!!!

Fabíola Karina disse...

Nem me diga Rafaela eu as vezes fico com dificuldade tanto em lembrar as vezes do nome do protagonista quanto de porque o nome do livro é esse. Achei que seria tipo, porque ela despertou pra alguma coisa kkkkkkk Amei a resenha, e concordo com você: geralmente os livros que são muito descritivos são cansativos, mas já que você diz não ser, quem sabe eu não arrisco da uma conferida ^^

Beijos - da uma passada lá no meu blog *-*
Gota d'explosão

Rafaela Oliveira disse...

Pode conferir é muito bom =)

Rafaela Oliveira disse...

Obrigada Aline =)
Conheço muita gente assim!!! É triste, mas acho que aos poucos as pessoas vão começar a se dar conta de quantos bons livros estão perdendo!!

Greice Negrini disse...

Gostei do que você disse sobre livros comerciais e editoras que não prestigiam estes autores.
Tem livros ótimos que se perdem nisso e autores que perdem com isso também.
Esta me parece ser uma boa história, além da capa ser lindíssima.

Greice Negrini

www.amigasemulheres.com

Postar um comentário

Comente, de sugestões, critique (moderadamente).

Obrigada pela visita. Venha sempre