sexta-feira, 1 de novembro de 2013

*Resenha Dançando sobre Cacos de Vidro



Dançando sobre Cacos de Vidro

Ka Hancock 

Lucy Houston e Mickey Chandler não deveriam se apaixonar. Os dois sofrem de doenças genéticas: Lucy tem um histórico familiar de câncer de mama muito agressivo e Mickey, um grave transtorno bipolar. No entanto, quando seus caminhos se cruzam, é impossível negar a atração entre eles. 
Contrariando toda a lógica que indicava que sua história não teria futuro, eles se casam e firmam – por escrito – um compromisso para fazer o relacionamento dar certo. Mickey promete tomar os remédios. Lucy promete não culpá-lo pelas coisas que ele não pode controlar. Mickey será sempre honesto. Lucy será paciente. 
Como em qualquer relação, eles têm dias bons e dias ruins – alguns terríveis. Depois que Lucy quase perde uma batalha contra o câncer, eles criam mais uma regra: nunca terão filhos, para não passar adiante sua herança genética. 
Porém, em seu 11° aniversário de casamento, durante uma consulta de rotina, Lucy é surpreendida com uma notícia extraordinária, quase um milagre, que vai mudar tudo o que ela e Mickey haviam planejado. De uma hora para outra todas as regras são jogadas pela janela e eles terão que redescobrir o verdadeiro significado do amor.
Dançando sobre cacos de vidro é a história de um amor inspirador que supera todos os obstáculos para se tornar possível.

 

Estou ainda extasiada. É indescritível tudo que senti ao ler esse livro. Esse é o livro de estreia de Ka Hancock, ela não é formada na área, na realidade ela é enfermeira e mexe na área psiquiátrica e dependentes químicos. Algo que marcou um ponto positivo para sua história, por saber muito bem do que estava escrevendo. Entretanto, isso não explica o quanto está narrativa é bem escrita e profunda. Hancock com toda a certeza tem um grande dom.

O livro conta sobre a vida de um casal nada "Normal". Mickey, ou Mic, tem um grave transtorno bipolar, GRAVE, eu durante cinco anos tomei remédios para a bipolaridade e depressão e nunca pessei que essa doença pudesse ser tão assustadora como a escritora transcreveu. Já a doce Lucy, tem um histórico de câncer de mama bem agressivo. Eles não queriam se apaixonar, mas aconteceu, e um se apoio ao outra. Mas nesse romance existem muitas regras e uma delas é: Não ter filhos, com muita dor eles se negaram a ter filhos, para protege-los de qualquer doença ou problemas que os dois enfrentam. A questão é que Lucy é surpreendida ao descobrir que estava grávida, mesmo tendo suas trompas ligadas. A felicidade dos dois é papável, eles vão lutar juntos para fazer essa criança feliz. Todavia, as coisas não serão como eles esperam.

"- Senti saudades de você, meu bem - disse ele.
- E eu de você."
 Esse é um casal que mostra que por mais que tenham fraquezas e dificuldades, o amor e a confiança vence tudo. E o sentimento que eles tem um pelo outro é de emocionar. Mas a obra também conta com a participação de outra pessoas. Lucy tem duas irmãs, Priscilla e Lily, cada uma com sua personalidade, uma mais romântica e outra mais obstinada. Mas as três se amam! Os pais de Lucy, já falecidos, são de estrema importância na história. Os ensinamentos dos dois transformou Lucy nessa mulher maravilhosa que é.
Na obra vemos de tudo, uma mulher que dará duto por seu marido e seu filho. Um homem feliz e agradecido pela mulher que tem ao lado. Uma mulher realizada profissionalmente, mas gravemente ferida e outra amorosa e sentimentalista, além de vários outros personagens fundamentais. E a escritora conseguiu descreve-los de forma incrível, soube trabalhar bem todos os personagens.

"Lá embaixo, junto ao abajur; tem uma foto de uma garotinha sentada no colo de um homem grandalhão. Ela ri, o rosto brilhando de felicidade, os olhos quase fechados, a boca escancarada em um grito. Acho que ele estava lhe fazendo cócegas."

Chorei em muitos momentos, e sei que vou levar está história comigo. Posso afirmar que esse é um dos livros mais emocionantes e bonitos que já li em toda minha vida. É muito doloroso dar adeus à um personagem, mas a eles em especial  foi muito triste. O livro te faz pensar muito, e começa a dar um sentido a muitas coisas que antes vocês não via sentido nenhum.
Essa história é inspiradora, que envolve o amor, amizade e principalmente a família, é brilhante, tocante e lindo. Nossa não existe elogios suficientes. Quando terminei ele fiquei meu sem chão, mas valeu a pena!!

O livro é narrado por Lucy, mas no inicio de todos os capítulos tem  uma parte da história na visão de Mic, como um diário. Por mais que eu preferi narrativas em 3ª pessoa, adorei a perspectiva da história na visão deles.

A linda da escritora, adora adicionar os leitores no face!! Bem logo que terminei de ler fui atrás dela e adicionei. E eu adoro desenhar, toda vez que um livro me inspira eu desenho sobre ele. Desenhei sobre essa obra e mandei para ela. Além de me responder, ela foi super fofa dizendo que eu fiz a noite dela <3:

  
Obs: Não mostro o desenho, por que é spoiler =P

Bem é isso ai, a capa é linda eu amei, mas a capa americana quase me fez chorar de tão significativa que ela é para a história. A editora Arqueiro é a editora que tem os direitos do livro no  Brasil.

Capa USA:


12 comentários:

Camilla Victória disse...

Ual! que resenha perfeita!!!!
Amei a forma como você escreve, é incrível!
Você me deixou super curiosa, e eu irei comprar este livro em breve, pois a sua resenha me motivou a lê-lo.
A-D-O-R-E-I !!!!!!!!
Beijos, fica com Deus.
lendoeaprendendoblog.blogspot.com

Angela Graziela disse...

Primeira vez que vejo uma resenha desse livro e gostei bastante

Já estou seguindo ;)

Beijos
@pocketlibro
http://pocketlibro.blogspot.com

Lost In Words disse...

AH ESTOU LOUCA PRA LER ESSE LIVRO!
Amo historias tristes hahaha

Beijos
http://bloglostinwords.blogspot.com/

Aline Coelho disse...

Adorei a sua resenha, li esse livro a pouco e também adorei. Passá-la no meu blog e diz o que achou da minha resenha. Também acho a capa americana linda e tudo a ver. Fiquei curiosa para ver seu desenho, a autora é mesmo uma querida!!!! O livro tem mesmo uma linda mensagem!!!! Vale a leitura!!!!

Leituras, vida e paixões!!!

Rafaela Oliveira disse...

Ai que bom que você gostou =D Aposto que você vai adorar!!!
Beijinhos

Rafaela Oliveira disse...

Obrigada Angela =)

Rafaela Oliveira disse...

Somos duas, sempre choro. Contudo não consigo deixar de gostar de livros dramáticos =P

Rafaela Oliveira disse...

Que bom que não sou a única. Passo sim =)
A o desenho não é tão bonito, mas ela adorou kkkkk

Ana Zuky disse...

Nossa Rafaela, que resenha, que livro...nossa estou aqui boquiaberta com esta historia. Eu me encantei por este livro somente lendo a resenha dele, e também pela capa. Mas agora depois desta resenha...ai menina você acabou comigo. Eu quero muito ler este livro e me emocionar assim como você.
Olha eu gostaria muito de ver o desenho, mesmo ele sendo um spoiller, pois acredito que ele deve ser lindo(olha a curiosidade.hahahahahahaahha).

Parabéns flor, pela resenha!

Beijokas Ana Zuky

Blog Sangue com Amor

Rafaela Oliveira disse...

O livro é maravilhoso, vale muito a pena. Não mostro o desenho, por ser o maior spoiler que tem do livro, eu particularmente ficaria triste se alguem me mostrasse kkk

Greice Negrini disse...

Nossa, este livro me chamou muito a atenção. Primeiro por toda a dor que o casal precisou passar e depois pelo amor que eles estão desprendendo e que vivem depois de tudo. Lindo demais!

Parabéns pela resenha!

Greice Negrini

www.amigasemulheres.com

Rafaela Oliveira disse...

Obrigada, é ótimo mesmo!!

Postar um comentário

Comente, de sugestões, critique (moderadamente).

Obrigada pela visita. Venha sempre