segunda-feira, 21 de outubro de 2013

*Resenha Simplesmente Irresistível

 Simplesmente Irresistível

Rachel Gibson


Cheia de romantismo, humor e picardia, esta história da inigualável Rachel Gibson começa com o casamento, no Texas, da recém-formada Georgeanne com o milionário Virgil, um homem três vezes mais velho que ela. Os únicos talentos de Georgianne são cozinhar e falar muito, mas o que Virgil realmente aprecia nela é o corpo curvilíneo e perfeito. Percebendo que não é capaz de desposar um homem com idade para ser seu avô, Georgeanne larga o noivo no altar e foge com o astro do hóquei John Kowalsky, que joga no time do qual Virgil é proprietário. John não faz ideia da encrenca em que se meteu, e só percebe que está ajudando a noiva do seu chefe quando já é tarde demais. Uma longa noite se estende diante deles, e nenhum dos dois resiste à tentação de passá-la juntos. Mas, no dia seguinte, John dispensa Georgeanne para não comprometer sua carreira, deixando-a com o coração partido e sem rumo. Sete anos depois, os dois se encontram novamente. Georgeanne é sócia numa empresa de catering em seattle e ele deixou os dias de rebeldia para trás. outra surpresa aguarda John: ele descobre que aquela noite de amor produziu uma filha adorável e incorrigível, de cuja vida ele quer fazer parte. A paixão por Georgeanne renasce; mas será que ele vai se arriscar, novamente, a incorrer na cólera do seu patrão? Ela, vai aceitá-lo, depois de ter levado um fora dele? Diversão garantida também é o romance de Mae e Hugh, amigos dos protagonistas, nesta trama hilária, cheia de personagens impagáveis, de uma das autoras mais lidas e apreciadas da atualidade.




ADOREI. Um romance bem água com açúcar. Gostoso para distrair um pouco a mente. O livro tem um pouquinho de tudo: Romance, drama e muito humor.
A história é sobre John um astro do hóquei que ajuda a bela Georgeanna a fugir de seu casamento. Mas, quando ele descobre que ela é a noiva de seu chefe, já é tarde demais. No dia seguinte ele dispensa ela. E sete anos depois, os dois se reencontram e John descobre que da noite que passaram juntos resultou em uma menina, Lexie.

É meio clichê, mas adoro histórias clichês. O livro vai abordar vários temas: A dislexia de Georgeanna, o abandono de seus pais, o amor por John e a dedicação dele como pai de Lexie. Tudo isso é tratado com muito humor, principalmente por parte da menininha de 6 anos.


"- Quero ter um bebê, mas mamãe diz que não. (...)
- Bem, você é muito pequena para ter um bebê - disse
Lexie riu e sacudiu a cabeça.
- Não eu! Minha mãe. Quero que minha mãe tenha um bebê."
Georgeanna tem muito receio que John canse de Lexie e de o pé. Contudo, durante os capítulos é nítido o amor dele pela filha, o que me deixou emocionada as vezes.
Em relação aos personagens, acho que a escritora podia ter trabalhado mais neles. Foi um pouco superficial em relação as suas características. A única que ela trabalhou fielmente foi Lexie. Tanto que ela é minha personagem preferida com toda certeza. Ela é toda amorosa, adora animais, é muito dramática e engraçada.

"Ele tentou parecer chocado.
- Você não acredita em coelhinho da Páscoa?!
- Não.
- Por que não?
Lexie olhou-o como se ele fosse um idiota.
- Por que os coelhos possuem patas pequenas e não podem pintar ovos.
- Ah, é verdade...
Novamente, ficou impressionado com a lógica dos seis anos dela.
- Então, aposto que você é velha para acreditar em Papai Noel.
Ela engasgou, escandalizada.
- Ma Papai Noel é de verdade, ora!"
Rachel Gibson pode ter falhado nos personagens, mas na descrição ela se deu bem. Ela é bem descritiva. O livro é cheio de quotes ótimos, foi até difícil selecionar quais eu colocaria na resenha.
A narrativa é em 3 pessoas, que vária entre a visão de John e Georgeanna. Eu prefiro livro assim.

Em relação a capa, eu achei muito bonita, na realidade ela que acendeu meu interesse em ler o livro. Eu não conhecia a editora que tem os direito aqui no Brasil, é a Jardim dos Livros. Descobri que o livro é o primeiro de uma série da equipe de hóquei de John. Os outros livros ainda não foram lançados no Brasil.



8 comentários:

Yasmin Duarte disse...

Parece ser bem divertido esse livro!
http://pantera-selvagem.blogspot.com.br

Isis Condi Salsman Ferreira disse...

Li esse livro e adorei
como você disse, é bem água com açúcar mesmo
e a capa é linda ^^
xoxo
Isis - minhaestantecolorida.blogspot.com.br

Rafaela Oliveira disse...

Ai que bom que gostou =)

Isabelle Brum disse...

Olá, boa tarde ^^
Interessante esse livro. A história parece ser bem legal :D (sem contar a capa, que é muito bonita *-*). Fiquei curiosa *---*
Beijinhos e boas leituras.
Isabelle - http://attraverso-le-pagine.blogspot.com.br/

Rafaela Oliveira disse...

Leia, vale a pena <3

Tamires Cipriano disse...

Olá.
Nossa que bacana.
Eu sou louca para ler mas não dou conta de ler todos que quero kkk
Adorei sua resenha e me deixou mais curiosa e quero muito ler agora, mas acho que ficará para as férias.

Beijos,
Tamires C.
http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

Rafaela Oliveira disse...

Não dá mesmo, para ler tudo ¬¬ kkkkkkkk

Aline Coelho disse...

Só escuto elogios aos livros dessa autora e a cada dia fico mais curiosa, em 2014 pretendo investir neles.
Muito boa sua resenha, assim poder ter uma noção do que esperar. Sobre essa editora também não conhecia.

Leituras, vida e paixões!!!

Postar um comentário

Comente, de sugestões, critique (moderadamente).

Obrigada pela visita. Venha sempre